Category Archives: Cuisines

Hambuguer feito em casa!

Esse findi eu e a namorada resolvemos fazer uma receita que tava de bobeira nos favoritos do reader há séculos: Hambuguer feito em casa.

A receita é bem tranquila, e tá bem explicada aqui: Receita de hamburguer caseiro com calabresa

Algumas coisas que eu acho que vale a pena deixar anotado pras quem for fazer são as seguintes:

– Sobre o pão, a gente usou um pão francês inteiro pra receita. A dica é evitar de usar as extremidades do pão, elas não dissolvem no leite, e ficam em grandes pedaços na massa, não misturam direitinho.

– Sobre as quantidades, a gente usou pouco mais de 1Kg de patinho, e uma calabresa que tinha uns 300g. Pedimos no mercado e já deixamos tudo moído junto. Não sei como teria sido misturar na mão, mas desse jeito ficou bem uniforme.

– Sobre o resultado: Com as quantidades que a gente usou, deu pra fazer uns 11 bifes de hamburguer grandinhos. A gente congelou os que sobraram, é bom já ir pensando por esse lado :)

De resto.. Uma receita boa pra caramba, mais que recomendada :D

O Café nosso de cada dia

Comecei a apreciar mais café de uns anos pra cá. Até porque, sendo programador, você sofre com aquele problema de ser movido a café. E como tudo que me interessa, comecei a pesquisar e conhecer mais.

Resolvi então que queria fazer um café um pouco melhor pra mim. Afinal, nada melhor que tomar um café gostoso depois do almoço ou no meio da tarde :)

Primeiro, li o post do Gizmodo: How to Actually Make Coffee, e depois disso, li em mais alguns fóruns sobre como as espresso caseiras tinham alguns problemas e me convenci de que com o orçamento atual, espresso era um no-no.

Do Lifehacker, li o Brew the Best Possible Coffee Without Breaking the Bank, que me convenceu que a prensa francesa era um bom método de fazer um café bom e barato.

A Namorada me deu uma prensa de aniversário, e aí eu comecei uma boa experimentação, com os cafés do Starbucks, que apesar de protestos em alguns fóruns sobre o tempo que ele fica parado depois de ser torrado, é muito melhor do que o café comum (embora seja overpriced!)

Sobre moer na hora: dá uma diferença mesmo. Um amigo aqui do trabalho comprou um moedor (depois de provarem o café da prensa, o pessoal daqui aderiu e compramos uma prensa um pouco maior pra fazer café aqui à tarde). Mesmo sendo um moedor de lâminas (e não um “Burr”, que é o mais recomendado pelos aficcionados.) o café moído na hora tem um gostinho mais fresco mesmo.

A temperatura do café tem um ideal. Mas eu não cheguei ao extremo de medir com um termômetro nem nada assim. O que faço, geralmente, é ferver a água, usar metade dela pra esquentar a prensa (coisa que tirei de um vídeo de uma barista, ajuda a manter a temperatura da prensa durante os 4 minutos que demora pra tirar o café), e quando você coloca de fato a água pra tirar o café, ela já esfriou um pouco e está mais próximo da temperatura recomendada (92ºC ~ 96ºC).

Usando esses detalhes, dá pra fazer um café muito bom e gastando relativamente pouco, sobrando dinheiro pra você gastar nos grãos :)

E vocês, o que tem pra contar sobre o café?

Rodízios de Pizza no RJ

Como eu tinha prometido, tá na hora de escrever um post de gordinho :)

Eu sou um tanto quanto amante de pizza, e é aquele negócio, quando tem aniversariantes no mês e o povo resolve comemorar, geralmente marca aquele rodízio de pizza pra evitar a fadiga. Então eu conheço alguns rodízios espalhados pelo RJ, e vou comentar um pouco sobre cada um deles. Infelizmente algumas das informações aqui podem estar desatualizadas, afinal, tem tempo que não vou em alguns, mas vou tentar botar uma data aproximada de quando fui a última vez, e aí vocês podem avaliar por vocês mesmos se a informação é útil ou não :)

A ordem não quer dizer muita coisa não, foi só a ordem em que fui lembrando dos lugares.

Fagulha Pizza E Grill (Copacabana)

R. Santa Clara n° 18
Tel. 2549-3119
Última vez que fui lá: Abril/2010
Média de Gastos: R$22
Fui 3 vezes.

Conheci o Fagulha por uma amiga que comemorou o aniversário lá, eu não pude ir no aniversário, mas fui um tempo depois porque ela falou que o lugar era muito bom.
E realmente, o lugar é bom. Não tem refil, mas a variedade de pizzas é boa. A pizza é de forno a lenha, e diferente do Faenza, não tive problemas com o fato de ter borda ou parte de baixo queimada. Assim como a pizza doce não fica mais dura do que as outras, todas são muito tranquilas de cortar.
Nas pizzas doces, a boa é a “delírio”: Chocolate branco, chocolate preto e leite condensado. Sério, perfeita. As outras doces também são muito boas.
O atendimento é show de bola, as pizzas vem com frequência, e pedindo um sabor que não esteja vindo muito geralmente resolve rápido.
Eu achei, porém, que o atendimento é melhor sem ser fim de semana. Fui lá uma vez numa sexta, uma vez durante a semana, e uma num sábado. O pior, na minha opinião, foi o de sábado. A variedade caiu um pouco, algumas pizzas vieram meio gordurosas. Mas talvez seja porque estava perto da hora de fechar, e não por ser sábado.
Enfim, ainda recomendo bastante o lugar.

Faenza Pizza e Grill (Copacabana)

R. Siqueira Campos, 18
Tel. 2257-1427
Última vez que estive lá: Janeiro/2010
Fui 2 vezes
Média de gastos: R$27

Fui no faenza pra comer pizza de bobeira no fim de semana, fui só eu e minha namorada, em uma das vezes, e da outra fui eu, ela e a cunhada. O lugar não tem refil, a pizza é a lenha, e tem uma variedade até razoável.
O restaurante é pequeno, mas aconchegante, tem umas mesas com banquinhos acolchoados, bem legais de sentar. O problema é que esses bancos ficam numa quina do restaurante, e dependendo de onde você ficar, fica bem invisível aos garçons. Na primeira vez que eu fui tive de chamar o gerente para pedir que viesse mais pizza, mas na segunda vez fiquei num lugar mais visível e tudo correu bem.
A pizza é boa, mas todas as salgadas tem uma base de molho de tomate, o que nem sempre combina muito com a pizza. As doces acabam ficando meio duras, por não ter o queijo para umedecer aquela massa diferente de pizza a lenha. Nas duas vezes que eu fui aconteceu de uma quantidade considerável das pizzas (não sei mensurar, mas o suficiente pra incomodar) vieram com a borda ou a parte de baixo queimadinha. Não crocante, queimada mesmo.
No mais, o lugar é bom, mas como achei uns lugares melhores por perto, não sei se volto lá não.

Deck Bar e Restaurante (Copacabana)

Avenida Atlântica, 2316
Tel. 2256-3889
Última vez que fui lá: Setembro/2009
Fui 2 vezes.
Média de gastos: R$20

O Deck é um restaurante na Atlântica, fica de frente pro mar, e como a maioria dos restaurantes da atlântica, tem lugares dentro do restaurante, num salão pequeno, e fora do restaurante, numa espécie de expansão sobre a calçada.
Já fiquei nos dois lugares e tive a impressão de que do lado de fora é mais bem servido. Não tem refil.
A variedade é bem grande, nas pizzas doces a de chocolate ganha um destaque especial por ser muito gostosa, mas a pizza de lá é um tanto gordurosa. O lugar é bom pra grupos grandes, pois do lado de fora é fácil juntar mesas, mas quem quer um ambiente mais silencioso talvez queira fugir de lá, pois não é um lugar muito silencioso não :)
No mais, a impressão é a mesma do Faenza, embora seja um bom lugar, achei lugares em que gostei mais da pizza, então não tenho ido lá. Mas pelo preço é uma boa pra dar uma escapada quando a grana tá curta.

Parmê (Norteshopping)

Av. Dom Helder Câmara, 5332 – Lj. 4705 F
Tel. 2595-5934
Última vez que estive lá: Dezembro/2009
Fui 1 vez.
Média de gastos: R$25

Bom, nunca tinha ido num rodízio da parmê antes, e o lugar foi escolhido pela proximidade, já que estávamos indo fazer uma confraternização de fim de ano, com amigo oculto e aquelas coisas. Vale a pena frizar que era um dia BEM cheio, demoramos inclusive um pouco pra entrar, e estávamos num grupo grande, de umas 14 pessoas. Mas minha impressão foi a seguinte..
A pizza é boa, a pizza doce é muito boa, com massa de Brownie. O refil é de um jeito muito legal, eles deixam copos e jarras próximos às máquinas de refrigerante e você pode encher as jarras e copos e deixar na mesa, pra não ter que ficar levantando toda hora. Também tem massas incluídas no rodízio, que eu não experimentei.
Porém, o lugar estava mal administrado, pelo menos no dia. Nós ficamos em uma das últimas mesas, e o lugar estava completamente cheio por ser época de confraternizações de fim de ano, só que as pizzas demoravam pra chegar e chegavam em pouca quantidade, por sermos uma mesa grande, várias vezes ficou gente querendo pizza sem ter. Acredito que num dia mais vazio, o lugar deva ser muito bom, mas não sei se tem dias muito vazios na expansão do Norteshopping :P

Pizza Hut (NYCC)

Av. das Américas, 5000 – Ljs 211 e 212 – Shopping NYCC
Tel. 2431-9849
Última vez que estive lá: Maio/2009
Fui 1 vez.
Média de gastos: R$30

Acho que a maioria das pessoas conhece a Pizza Hut. Tínhamos lojas da franquia aqui pelo rio, mas num dado momento todas basicamente fecharam. Há um tempo a franquia veio reabrindo lojas pelo rio, e em algumas tem rodízio as quartas-feiras (e só as quartas).
Quando fui, fui na do NYCC, agora a de copacabana parece que também tem rodízio, mas não fui lá. Fui para o aniversário de um amigo, estávamos com a mesa cheia, o restaurante estava cheio e ainda assim o atendimento foi bom, ponto pra eles.
A pizza de lá é boa, tanto a doce quanto a salgada, mas a variedade é bem pequena. Eram quando eu fui uns 12-15 sabores no máximo, contando com as doces. São basicamente aqueles sabores “padrão”. Mas são todos muito bem feitos. Tô na dúvida agora se tinha refil, mas tenho quase certeza que sim.
Bom, o rodízio até vale a pena, mas por ser só as quartas feiras, é algo mais no estilo de “quero comer no rodízio da pizza hut”, porque é difícil eu sair pra comer pizza no meio da semana, a não ser que seja aniversário de alguém.

Pizza Grill (Tijuca)

R. Soriano de Souza 17
Tel. 2567-2370 / 2567-2698
Última vez que fui: Julho/2009
Já fui N vezes.
Média de gastos: R$23

Eu já fui no pizza grill N vezes, desde antes deles passarem por reforma, quando ainda eram um restaurante bem pequeno e modesto. E uma coisa em que eles sempre ganharam é na variedade de pizza. Acho que a intenção deles é ser algo no tipo da York, mas com certeza devem ter menos sabores. Mas não é por isso que você não vai encontrar sabores exóticos, como a pizza de filé com fritas, e a de cheeseburger.
Como a maioria desses rodízios grandes, a boa é não ir em dias cheios. Já fui lá em um sábado a noite e foi um dos piores atendimentos que já tive. Ficamos numa fila na porta, depois de entrar a pizza vinha em pequenas quantidades e demorava pra chegar, isso porque a gente tava do lado do lugar de onde saíam os garçons com a pizza.
Em dias normais e não-lotados, o rodízio é bom, a variedade é excelente, e a pizza é gostosa. Depois da reforma eles passaram a ter refil.
O lugar é enorme, então pode ser uma boa pra comemorar aniversários, já que é fácil conseguir mesas grandes em dias normais e não lotados.

Le Brants (Flamengo)

Travessa dos Tamoios, 40
Tel. 2558-6145
Última vez que fui lá: Outubro/2009
Fui lá 3+ vezes.
Média de gastos: R$33

Não sei nem se o lugar do Le Brants é mesmo nessa lista. Ao contrário do Brasa Grill, que é um rodízio de pizza com crepes, o Le Brants é basicamente uma creperia com pizzas, massas e quiches acompanhando. Por causa disso,  a variedade das pizzas é muito pouca, e eu não gosto muito da massa da pizza de lá.
Mas pensando como creperia, o lugar é fantástico. Tem muuuuuuuuitos crepes, com combinações bem variadas. O lugar tem refil. A parte ruim é que o lugar é pequeno, então comemorações com muita gente estão fora de questão. Além disso, nunca aconteceu comigo, mas já amigos reclamando do costume deles de vez por outra trocar ou confundir os pedidos de crepes. (Você pede os crepes de uma lista enorme, pelo número).
Na média, o lugar é bom, as massas costumam ser gostosas, os crepes tem uma enorme variedade, com um bônus pros crepes de nutella, mas as pizzas eu dispensaria. E talvez o lugar seja mais caro do que merece, mas dá até pra esquecer, considerando os crepes de nutella.

Vienna (Norteshopping)

Na praça de alimentação antiga do Norteshopping, não achei telefones ou número da loja.
Última vez que estive lá: Maio/2010
Fui 1 vez.
Média de gastos: R$30

Fui nesse para o aniversário de um amigo, o lugar não estava cheio, pois era meio de semana.
O lugar tem uma coisa de bom: algumas partes do buffet são liberadas para o rodízio, de cabeça me lembro dos petiscos e das sobremesas. As pizzas são de forno a lenha, e são gostosas,  mas me pareceram vir num ritmo meio devagar-quase-parando. E com pouca variedade, várias quatro queijos, poucas dos outros sabores. A pizza doce é gostosa, mas também tem pouca variedade.
Resumindo, pizza boa, mas com pouca variedade, e acredito que o atendimento não é lá essas coisas. Até dá pra mastigar no buffet enquanto espera a próxima pizza, mas achei que o preço não compensa.

Lamê (Méier)

Esquina da R. Lucídio Lago com R. Arquias Cordeiro.
Não achei o telefone.
Última vez que fui lá: Abril/2010
Fui lá 1 vez.
Média de gastos: R$15

Fui no lamê por acaso. Antes, no mesmo lugar, ficava uma padaria. A padaria sofreu toda uma reforma, e virou um misto de várias coisas. Acredito que ainda vendam pães, mas virou basicamente uma lanchonete e restaurante.
Fui lá um dia, durante a semana, pra bater papo e comer alguma coisa, e como tinha passado por lá um dia ou dois antes e tinha visto que tinha rodízio, sugeri o lugar.
Considerando como rola uma falta de opção nas redondezas, é muito bom um lugar desses aparecer por lá. A pizza é boa, mas não excelente, não tem refil. Por ter ido num dia de pouco movimento, a coisa ficou mais na base do: “Alguma preferência?” do que num rodízio propriamente dito.
Pelo preço, eu achei que valeu a pena. Mas talvez para uma comemoração eu não escolhesse o lugar, só pra algo informal assim, encher a pança e jogar conversa fora.

Da Vinci Ristorante e Pizzeria (Tijuca)

R. São Francisco Xavier, 210
Tel. 2234-5665
Última vez que estive lá: Março/2009
Fui lá 2 vezes.

Conheci o Da Vinci numa situação parecida com o Lamê, tava com uns amigos voltando de algum lugar durante a semana e paramos por lá pra conversar e comer alguma coisa. O lugar é pequeno e aconchegante, ar de coisa de família.
A pizza é a lenha, e o lugar tem refil. Talvez por ser pequeno, a variedade é pequena também, tem só os sabores de pizza padrão, nada que fuja muito da normalidade. Mas são todos bem gostosos. Como tem bastante tempo que não vou lá, talvez isso já não reflita mais a realidade.

Brasa Grill (Largo do Machado)

Rua Ministro Tavares de Lira, 43
Tel. 2556-0565
Já fui 3 vezes.
Última vez que fui lá: Em algum mês do primeiro semestre de 2009

O Brasa Grill costumava ser a localidade favorita pra aniversários do mês da galera da minha turma, então eu fui lá umas três vezes, o lugar tem de tudo um pouco, o rodízio é de pizzas e de crepes. Mas não curto muito a massa da pizza de lá. É só questão de gosto mesmo.
O atendimento do lugar é bom, como tem crepes dá pra dar uma variada, o lugar não é nem imenso nem pequeno, mas nunca peguei um dia lotado, então não sei se fica ruim o atendimento.

#100 – Experimentar comida mexicana

Pois é, eu ando meio relapso com isso daqui, mas é que do pouco tempo que me sobra entre faculdade, estágio e academia, eu uso pra fazer outras coisas, evito ficar no pc. Tá. Mentira. É que eu tenho estado sem inspiração, mesmo.

Pois bem, no meu aniversário fui no Restaurante Mizu, recomendado por alguns amigos. O lugar é meio caro, mas o esquema é bem legal: rodízio de comida japonesa e mexicana.

O melhor é que as duas comidas são boas, normalmente lugares com mais de uma culinária acabam pecando em alguma, o que definitivamente não é o caso. O único ruim do lugar é que ele tem horários específicos, a cozinha abre as 18h e fecha 0h. Quem tá lá dentro, tem que sair.

Recomendado e gostei muito da comida mexicana, espero comer mais vezes :)

#77 – Aprender a fazer algum doce gostoso

Ahá! Aprendi xD

Já que brigadeiro é tradicionalíssimo e pra mim não conta, o doce gostoso que eu aprendi a fazer foi Strogonoff de Bis!

Aí vai a receita:

Ingredientes
– 2 caixas de bis
– 1 lata de doce de leite (800 g)
– 2 ou 3 caixinhas de creme de leite (depende da
consistência do doce de leite)

Modo de Preparo
Misture o doce de leite com o creme de leite. Alterne
esse creme com o bis cortado em três pedaços. Finalizar
com o bis. Leve para gelar por 2 horas.

Aviso: Cortando o Bis ele fica meio mole, mas fica bom. Se quiser, tentar fazer sem cortar o Bis, pra ver se ele não fica mole.

Enfim, mais uma! x)

Brigadeiro do Lond

Bom, você gosta de brigadeiro? E de café, cê gosta?

Pois é, eu gosto dos dois. Uma vez, numa reunião de amigos, alguém comprou nescau com café(que eu nem sabia que existia, até então) por engano e fez brigadeiro com ele, o que ficou bom!

Depois disso, eu comecei e experimentar com diferentes medidas de café e toddy, até encontrar a medida certa, até que esse fim de semana acho que atingi a perfeição!

Então, pra quem gosta, aí vai a receita do Brigadeiro do Lond ( Brigadeiro com Café ):

1 Lata de Leite Condensado
1 Colher de Sopa de Margarina (deve funcionar manteiga, mas eu usei margarina)
6 Colheres de Sopa de Toddy (deve funcionar nescau, mas usei toddy)
1 1/2 Colher de Café Granulado Solúvel (eu uso Café Pelé)

Bom, pra fazer é simples. Bota o Leite condensado, o toddy e o café, depois bota a margarina por cima de tudo.
Bota em fogo médio e fica mexendo até que dê o ponto. Pra quem não sabe qual é o ponto, o brigadeiro começa a meio que descolar da panela, se não souber ainda, vai experimentando, que o máximo que vai acontecer é queimar algumas vezes antes de dar certo xD

Depois é só tirar do fogo, botar num prato e deixar esfriar. IMPORTANTE não bota no freezer, se não fica uma pedra.

Aí é só pegar uma colher e ir comer com a cambada. Recomendo ;)