Buenos FUCKING Aires! Pt. 1

Fui pra Buenos Aires, esses dias, e vários amigos tão me perguntando como foi, dicas, lugares pra visitar e coisas do tipo, então, vou ver se vou escrevendo sobre a viagem e dando as dicas que eu for lembrando :)

Planejamento

Eu e a namorada planejamos a viagem usando internet e também um guia de bolso. O guia era da coleção “Viagem de Bolso”, chamado “O melhor de Buenos Aires”, mas acredito que um bom guia deve ser suficiente. Eu recomendaria levar um porque é uma baita mão na roda, pra achar coisas pra fazer e dicas até mesmo de como pedir certas coisas e tal, pra quem não tem domínio do espanhol.

Nos sites eu usei o Mi Buenos Aires Querido e organizei as coisas que a gente queria visitar em listas do foursquare, aí vão os Links:

Centro
Recoleta
Palermo
San Telmo & la boca
Puerto Madero
Belgrano
Restaurantes, bares e etc

O foursquare foi uma baita mão na roda por lá, porque dá pra você abrir uma lista e pedir pra ver tudo posicionado em um mapa. Junto com o gps do Android a gente podia decidir o que estava mais perto e seguir pra lá. Uma coisa que eu faria seria juntar a lista de restaurantes e bares na lista de cada bairro e talvez fazer uma lista com tudo, já que pode ficar mais fácil na hora de estar entre dois bairros.

No Ezeiza, o Aeroporto Internacional, eles dão um mapa ótimo, que além de ter a parte principal da cidade, tem também o traçado do metrô, tanto sobreposto no mapa, quanto em separado. Não se esqueça de pegar!

Internet

Como a gente queria usar o Foursquare a gente pesquisou de como conseguir 3g por lá. Não chequei as outras operadoras, mas a Movistar por lá tem chips pré-pagos, e tem um pacote em que você paga 20 pesos e tem 1GB de dados por dois dias. É meio caro, se for comparar com a Tim, por exemplo, mas a velocidade é boa e é uma quantidade de dados virtualmente ilimitada pra dois dias. Basta comprar um chip pré pago da movistar em algum lugar pela cidade (em alguns mercadinhos, que lá eles chamam de Cajas, [namorada falou que eu imaginei esse nome] que tem pela rua, por exemplo) e daí botar os pesos e mandar uma mensagem escrito “Datos” pra 2345. Cuidado só com as tais Cajas os tais mercadinhos, tivemos problema com um dos chips que compramos, ele não funcionou e quando tentamos falar com a movistar eles alegaram que estava no nome de uma mulher e que eles não podiam fazer nada sem a proprietária da linha.

Dinheiro, cartões e etc

A maioria dos lugares lá aceita cartão e supostamente débito também. Dito isto, eles não passaram débito uma vez sequer. Aparentemente as máquinas que tem o espaço pra chip não conseguem passar usando o chip, e quando passa de outro jeito, ela passa no crédito. Isso vale pra Mastercard e pra Visa. Portanto, cuidado! Primeiro com o limite do cartão e segundo porque o IOF de operação no cartão de crédito é de 6,38%.

Uma solução é sacar dinheiro por lá e ficar usando preferencialmente dinheiro, já que segundo o que eu vi pelas internetz, o IOF é de 0.38%, mas em compensação tem uma taxa fixa de 15 pesos por saque, além de taxa do seu banco de saque internacional. Tem de se fazer algumas contas, mas no caso de uma taxa de saque de 9 reais, mais os 15 pesos do banco argentino, acho que a partir de 300 reais já tá valendo mais a pena o saque. Mas no fim das contas, provavelmente vale a pena usar uma mistura dos dois :)

Quando eu fui levei reais e troquei por pesos direto no aeroporto, no Banco de La Nacion, que tem logo na saída do desembarque do Ezeiza. Se você for para o outro aeroporto é bom se informar. O banco de la nación era a cotação mais favorável que eu vi em todos os dias.

Cuidado com dinheiro falso! Circula MUITO por lá, e muito embora eu não tenha tido problema, um conhecido que estava por lá teve. Acontece principalmente em taxis, mas também em ambulantes e coisas assim. Evite de dar notas altas quando desnecessário, verifique a nota quando pegar o troco e dê preferência pra taxi de cooperativa.

Uma outra coisa é que pra ônibus por lá você precisa de moedas, então assim que possível tente conseguir algumas, seja comprando alguma coisas nos Cajas, ou em algum mercadinho. Por exemplo, água pra deixar no hotel :)

Alguns lugares aceitam dólares e real, mas geralmente a cotação é desfavorável, a menos que você tenha ficado sem dinheiro, é uma boa evitar.

Ônibus, metrô e conduções

O metrô (subte) de buenos aires chega a maior parte turística da cidade, com exceção da recoleta. Então é uma boa idéia usá-lo. Enquanto estávamos lá a passagem aumentou, era 1,10 e saltou pra 2,5. Apesar de protestos dos hermanos, não acho que isso vá mudar já que a rede de metrô está sendo ampliada e eles precisam do aumento pra custear a parada. O subte para de passar por volta de 22h e começa de novo as 5h na maioria das linhas, mas uma consulta ao site da empresa dará maiores informações.

Já com relação a ônibus (colectivos), eles passam a noite toda, mesmo que com intervalos reduzidos a noite. A parada é que você precisa de moedas para usá-los. Ao entrar no ônibus você informa ao motorista até onde você vai e ele ativa a máquina com o valor que você tem que pagar. A maior passagem que eu vi foi de 1,25 por pessoa, mas se você estiver junto com alguém por vezes eles colocam mais de uma pessoa na mesma passagem, e aí varia de ter que colocar até 2,50 na maquina. Aconselho nas primeiras vezes tentar ser um dos últimos a entrar porque as vezes os hermanos ficam impacientes quando tem gente segurando a fila, e você provavelmente vai se enrolar na primeira vez, eu me enrolei :)

O taxi é relativamente barato por lá, o maior que deu pra mim foi 70 pesos e isso foi quando cruzamos a cidade. Vale muito a pena pra ir pra lugares pra onde nunca se foi e que são distantes do metrô, como a Recoleta. Mas siga o que eu disse antes, preferência por cooperativa. Outra coisa é que o costume por lá é dar a rua e as transversais mais próximas do destino. Ou seja, algo como “Salta entre Mexico y Venezuela”.

Se quiser dar uma economizada a combinação dos meios é uma ótima idéia, pegando o metrô até certo ponto da cidade e o taxi no resto do caminho.

E por hoje é só, em breve mais sobre lugares e hermanos :)

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *