Show do Velhas Virgens

Ontem teve show do Velhas Virgens aqui no Rio, finalmente. A banda não vinha pra cá desde 2004 e sou super fã dos caras há muito tempo. E dá pra ver ouvindo o cd ao vivo da banda que a presença de palco deles é boa demais.

Embora o atraso pro começo do show tenha sido ruim — umas 3 horas de atraso — o show foi muito bom. Duas bandas tocaram antes de começar o show propriamente dito, Crazy Tony Trio e De’La roque. Crazy Tony Trio é uma banda bem agradável, com músicas próprias e cover de Elvis. Já De’La Roque não faz meu estilo, mas pra quem gosta, teve um bom show, inclusive com uma participação do que eu acredito ser o vocalista do Gogol Bordello.

O Show do velhas, porém, foi foda. Não vou lembrar o setlist todo, muito menos a ordem, mas teve “Cubanajarra”, “Rafaela, Eu amo a sua mãe”, “Essa tal de Tequila”, uma música do novo cd “O Gênio da Garrafa”, “Madrugada e Meia”, “Blues do Velcro”, “Abre Essas Pernas”, uma homenagem a Raul Seixas com Abre-te Sésamo e mais algumas coisas, “A minhoca que acendia o rabo”, “Beijos de corpo”, e se bobear ainda tô esquecendo alguma.

Gritei que nem louco, fiquei pertinho do palco, Paulão é louco, engraçado a beça. E como sempre, reafirmando o fato de serem uma banda independente e não dependerem da mídia pra se manter.

Espero que eles voltem logo, porque o show foi MUITO foda. O odisséia não é a melhor casa pra esse tipo de show, na minha opinião, por ser um lugar pequeno e baseado em comanda (ou seja, na hora de sair, tava aquela fila pra pagar); mas não impediu a diversão.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *