Na vida a passeio

Tava lendo o último texto do Papo de Homem (muito bom, por sinal), e parei pra pensar que eu tenho uma certa aversão às pessoas citadas no fim do post, aquelas que levam a vida muito a sério, que estão muitas vezes muito sérias e que tem compromissos rígidos na agenda.

Sempre levei a vida a passeio. Aquela frase conhecida, mas que eu não tenho nem idéia de quem disse: “Não leve a vida muito a sério, afinal, você não vai sair vivo dela.” Sempre foi quase um mantra pra mim. Pra muitos parece que sou acomodado, mas o fato é que tento tirar o máximo de proveito, com o mínimo de esforço.

Talvez eu pudesse dosar mais isso: Aproveitar bastante, mas ainda assim, levar coisas como a faculdade a sério o suficiente pra terminar no tempo certo. Mas o fato é que eu acho que momentos e oportunidades não aparecem duas vezes. Eu evito ao máximo deixar oportunidades passarem, a pior coisa que tem é você ficar com aquele “mas e se…” martelando na sua cabeça.

Tento me rodear de pessoas que sejam parecidas comigo. Que, do meu ponto de vista, aproveitem tudo ao máximo. Os meus amigos são pra mim exemplos. Ao meu ver são todos mais esforçados do que eu, e na posição deles, provavelmente eu tomaria outras decisões, onde o esforço envolvido fosse menor :)

Já fui acomodado e talvez em algumas áreas da minha vida eu ainda seja, mas sempre que noto, tento mudar, e alcançar, ainda que com o menor esforço possível, as metas que eu tenha estabelecidas para mim naquele momento.

Porque escrevi isso? Sei lá. Só sei que foi assim :)

One thought on “Na vida a passeio”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *