O “jeitinho” brasileiro

Há uns dias atrás, um dos meus professores chegou com uma hora de atraso. Já tinha tido aula com ele em outro período e contabilizando os dois períodos, ele nunca tinha se atrasado, nem mesmo faltado sem avisar. Todo mundo já tava estranhando, quando ele chegou. Depois que ele se desculpou pelo atraso, ele explicou o porque:

Então, sabe aqueles dias que você não deveria ter saído da cama? Pois é, acordei hoje e peguei o carro pra vir pra cá, quando fui ligar o carro, o carro não ligava. Chamei o seguro, o cara veio e confirmou que o problema era a bateria que tinha morrido, o cara já tava com uma reserva, perguntando se eu queria trocar, mas achei melhor deixar pra ver aquilo depois, provavelmente como era um serviço de emergência conseguia a bateria mais barata em outro lugar. Mas tinha que vir pra cá, daí peguei o carro da minha mulher.
Tava no engarrafamento, quando dois PM’s me param. Bom, a minha mulher foi assaltada, ano passado, e levaram os documentos dela e os do carro, que tavam na mochila dela, então ela tá andando só com o BO desde então. Além disso, minha carteira tá vencida, porque como eu tirei carteira há muito tempo, tenho que fazer essa prova nova escrita aí, mas sempre me jogam pra uns lugares distantes, tipo campo grande e tal, daí tô adiando de fazer a prova. Daí já viu né, tava duplamente mal. Além disso – coisa que eu não sabia – minha mulher tava sem fazer vistoria no carro desde 2004!
Bom, daí o PM vira pra mim:
– O sinhô tá irregular, sabe como é, né, doutor?
Já dando aquela coçadinha na mão. Virei pra ele e falei
– Pô, eu tô indo pra dar aula (…) tô só com R$50 aqui.
– Isso não dá, né, doutor..

Cês acreditam que os caras me escortaram até o banco pra eu sacar mais? Saquei duzentinho pra dar pros caras me deixarem ir. Duzentinho! Porra, melhor deixar o carro lá, se fosse meu carro tinha deixado, como era o da minha mulher, não pude deixar..

Infelizmente, esse é o jeitinho brasileiro.

0 thoughts on “O “jeitinho” brasileiro”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *