O Acelerador genético

Olás pessoas o/

Baum, alguns posts atrás eu tenho certeza que comentei sobre a minha redação do bimestre passado, hj eu recebi a prova, logo eu vou escrever ela aqui pra vcs verem a viagem XD

O Tema: “No Século XXII, um cientista resolve criar o “homem perfeito”. Para tanto, desenvolve um “acelerador genético”, capaz de realizar em pouco tempo um processo que supostamente duraria milênios. Aplica o engenho a um pequeno número de cobais humanas, que, à idade propícia, são inseridas na sociedade, para cumprirem seu “destino”. Dessas cobais, uma suicidou-se, outra tornou-se um criminoso, outra, presidente da república. A quarta é você, a quem cabe atestar o êxito ou fracasso do experimento. Componha uma narrativa em primeira pessoa que contenha

– Ações que justifiquem o desfecho das histórias dos seus companheiros;

– Um desfecho inteiramente diferente para sua própria história.”

Agora, a minha redaçãozinha XD

Cobaia de um Cientista Louco

????Não sei por onde deveria começar esta história, pro isso vou começar contando que eram quatro de nós, incluindo a mim, quando tudo começou. O doutor nunca nos deu nomes, tínhamos apenas números, eu era o número três. Os outros, logicamente, eram o número um, número dois e número quatro. Não tínhamos a mesma idade, tínhamos diferença de um ou dois anos para o anterior. ??ramos simplesmente cobaias.

????Creio que o número um, de todos nós, tenha sido o que mais sofreu, seu acelerador não funcionou como deveria, e ele via a realidade misturada com seus sonhos. Devia ser terrível, quero dizer, quando ele tinha pesadelos. Houve noites em que ele gritava sem parar, até que o doutor fosse lá e lhe desse sedativos.

????O número dois não teve tantos problemas, mas a sua inteligência o fazia achar que era superior a todos os outros. Achava que nenhum humano normal poderia detê-lo, e pensava que se ele se esforçasse, talvez conseguisse dominar a todos. Mesmo com todo o esforço do doutor, ele nunca mudou.

????O número quatro foi o último de nós, assim como eu, ele não tinha os problemas do número um e nem os do número dois, e ele sempre quis usar a sua inteligência para o bem, dizia que iria ajudar muita gente e agradecia sempre ao doutor pelo que ele tinha feito.

????Quando o doutor libertou nós quatro, o número um foi o primeiro a falhar. Uma noite, depois de dois dias de pesadelos, ele se jogou de um prédio no centro. O número dois resolveu começar seu plano de dominação mundial, mas foi preso, com a minha ajuda, e também fracassou. O número quatro fez o que queria e, depois de lutar bastante, conseguiu governar o país e ajudar muitos.

????Quanto a mim, resolvi ter uma vida normal, me formei, comecei a trabalhar, casei e formei uma família, às vezes ainda falo com o número quatro. Acho que nós tivemos sucesso.

E por hoje é só pessoal, dêem suas opiniões depois ;)

Abraços o/

One thought on “O Acelerador genético”

  1. oi este texto aqui foi muito bom para mim.pois minha professora resolveu passa-lo para nos tambem fazer o mesmo.
    ele me ajudou a compreender o que a professora queria..valeu ai
    espera que minha historia pelo mesmo teva ficado legal como a sua..
    bjus vanessa

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *